Hoje fui no banheiro fazer coisas banherais e ao me olhar no espelho, me achei bonito… É engraçada essa coisa de se sentir bonito, não? As vezes nos sentimos prontos para tudo e para todos… As vezes nos sentimos um cocozinho cheio de moscas num dia quente de verão…

.

Eu fico pensando… Terminei a facul (a menos que o Bira me ferre), e terminei bem… Sobrevivi è experiência da faculdade, que provavelmente foi a mais difícil que já tive até o momento, considerando o tanto que me vi obrigado a amadurecer nesses últimos quatro anos… Conheci gente, desconheci gente, ganhei e perdi peso, aprendi, desaprendi e tive experiências de quase morte!

.

Agora estou de volta a cidade do meu coração, onde tenho alguns dos meus melhores amigos (não se pode negligenciar os anos em Londrina), onde vou ter que re-aprender a conviver diariamente com meus pais, onde vou ter que encarar pela primeira vez o monstro gigante de mil cabeças, que cospe fogo e come almas chamado “Mercado de Trabalho” e admito que… Estou até bem empolgado! Muito mais do que estive em qualquer momento que posso lembrar dos últimos três anos!

.

Enquanto o MdT não arranca minha pele pra fazer um tapete e não come meus orgãos internos; enquanto eu estou animado e empolgado com as novidades; e enquanto eu assimilo as vitórias que por mais tortas que tenham sido as vezes, eu conquistei nos ultimos anos… Eu acho que talvez não esteja errado em estar me sentindo bonito…

.

E que eu me sinta assim até a realidade me dar outro soco no nariz!

Anúncios